Feeds:
Posts
Comentários

Atari, um dos primeiros videos-games, mais tarde trarei a historia dele!!!

 

Eu upei e coloquei aqui o arquivo em .rar para poder fazer o download, se ficar inativo ou queber avisem que coloco novamente!!!!

http://www.megaupload.com/?d=ZHH1208T

até a próxima!!!!

 

Estava no HUSE ( se não sabe o que é, procure no google!!!), quando um amigo meu falou desse jogo, procurei e baixei, testei e agora venho para dizer onde fazer o download de SniperElite e ainda como fazer funcionar!!!

Primeiro, sobre o jogo:

SniperElite acontece em Berlim devastada pela guerra durante os últimos dias da Segunda Guerra Mundial. Como os soviéticos e os alemães são fechados em uma luta de vida ou morte, os Aliados ocidentais temem que o aparecimento da Guerra Fria. Assumindo o papel de franco-atirador sozinho americano formado pelas OSS, o jogador deve infiltrar no ambientes inimigo usando sua furtividade e habilidades para mudar o equilíbrio de poder. O player’smission terá uma duração de 28 missões sensível e desafiador. Quando sniping aplayer, deve usar a gravidade, altitude, velocidade e direção do vento, freqüência cardíaca, respiração, postura, o ruído de fundo e outras condições tosuccessfully bater sua marca. Quando a missão é cumprida, uma playercan envolver jogar deathmatch online.

 

Eu joguei e aprovo, é muito bom o jogo, e tem tudo para passar muitas horas de adrenalina e concentração!!!! Diversão na certa, mas chega de papo furado e vamos ao download de SniperElite!

Links:

1ª parte – 1,3 GB : http://www.fileserve.com/file/HF5gMCY ou http://www.megaupload.com/?d=E5VA7R1W (só para quem é premium, pois o arquivo é maior que 1 GB)

2ª parte – 0,9 GB: http://www.fileserve.com/file/pTY4W7R ou http://www.megaupload.com/?d=B7A1S5NZ

 

Ao finalizar não está pronto para jogar. (como eu pensei que estaria!!!) você deve baixar um programa para juntar as partes, o programa é gratuito e leve!!!

O programa é o HJSplit, recomendado pelo Windons.

Site para baixar: www.hjsplit.org

Após isso é só abrir o HJSplit e juntar as partes em Join e selecionar o arquivo do SniperElite 001. e ele fará o resto!

Em seguida você terá que dezinpar o arquivo SniperElite.rar que gerará 04 arquivos .rar e desses sai o jogo.

 

Antes de jogar clique no Register do jogo e logo após pode começar a jogar sem ter que instalar, sem crack ou serial!!!

 

Boa diversão e até a próxima!

 

 

Bem estou agora jogando Rise of Nations e sempre que instalamos ele, à o pedido do serial, aí vai dois seriais que funcionam (testados por mim!)

 

1º Serial do Rise of Nations: Q6RRP – 8T72K – JG2CJ – CVFFP – 82DM

2º Serial do Rise of Nations: C3Q3F – YB248 – 2YCW9 – 97TV7 – 24668

 

depois coloco o download do jogo aqui tambem!!!

Bem voltei mais uma vez, desta vez depois de um ano fora, sem fazer nenhum post e o que descubro, em um mês mais de 5.000 acessos, só por causa de um download!!!! então voltei e vou postar inumeros downloads entre outras coisas!

Daqui a pouco volto com um novo post!

Recebi um e-mail contendo esse texto e estou a repasar por aqui!

“O CASAL PERFEITO”Lya Luft

A solidão dos homens tem a medida da solidão de suas mulheres.
Isso eu disse e escrevi – e repito – em dezenas de palestras por este país afora.
Aí me pedem para escrever sobre o casal perfeito: bom para quem gosta de desafios.
O casal perfeito seria o que sabe aceitar a solidão inevitável do ser humano, sem se sentir isolado do parceiro – ou sem se isolar dele?!
O casal perfeito seria o que entende, aceita, mas não se conforma, com o desgaste de qualquer convívio e qualquer união?!
Talvez se possa começar por aí: não correr para o casamento, o namoro, o amante (não importa) imaginando que agora serão solucionados ou suavizados todos os problemas – a chatice da casa dos pais, as amigas ou amigos casando e tendo filhos, a mesmice do emprego, chegar sozinho às festas e sexo difícil e sem afeto.
Não cair nos braços do outro como quem cai na armadilha do “enfim nunca mais só!”, porque aí é que a coisa começa a ferver.
Conviver é enfrentar o pior dos inimigos, o insidioso, o silencioso, o sempre à espreita, o incansável: o tédio, o desencanto, esse inimigo de dois rostos.
Passada a primeira fase de paixão (desculpem, mas ela passa, o que não significa tédio nem fim de tesão), a gente começa a amar de outro jeito.
Ou a amar melhor; ou, aí é que a gente começa a amar.
A querer bem; a apreciar; a respeitar; a valorizar; a mimar; a sentir falta; a conceder espaço; a querer que o outro cresça e não fique grudado na gente.
O cotidiano baixa sobre qualquer relação e qualquer vida, com a poeira do desencanto e do cansaço, do tédio.
A conta a pagar, a empregada que não veio, alguém na família doente ou complicada(o), a mãe ou o pai deprimido ou simplesmente o emprego sem graça e o patrão de mau humor.
E a gente explode e quer matar e morrer, quando cai aquela última gota – pode ser uma trivialíssima gota – e nos damos conta: nada mais é como era no começo.
Nada foi como eu esperava.
Não sei se quero continuar assim, mas também não sei o que fazer. Como a gente não desiste fácil, porque afinal somos guerreiros ou nem estaríamos mais aqui, e também porque há os compromissos, a casa, a grana e até ainda o afeto, é preciso inventar um jeito de recomeçar, reconstruir.
Na verdade devia-se reconstruir todos os dias.
Usar da criatividade numa relação.
O problema é que, quando se fala em criatividade numa relação, a maioria pensa logo em inovações no sexo, mas transar é o resultado, não o meio.
Um amigo disse no aniversário de sua mulher uma das coisas mais belas que ouvi:
“Todos os dias de nosso casamento (de uns 40 anos), eu te escolhi de novo como minha mulher”.
Mas primeiro teríamos de nos escolher a nós mesmos diariamente. Ao menos de vez em quando sentar na cama ao acordar, pensar: como anda a minha vida?
Quero continuar vivendo assim?
Se não quero, o que posso fazer para melhorar?
Quase sempre há coisas a melhorar, e quase sempre podem ser melhoradas. Ainda que seja algo bem simples; ainda que seja mais complicado, como realizar o velho sonho de estudar, de abrir uma loja, de fazer uma viagem, de mudar de profissão.
Nós nos permitimos muito pouco em matéria de felicidade, alegria, realização e sobretudo abertura com o outro.
Velhos casais solitários ou jovens casais solitários dentro de casarão terrivelmente tristes e terrivelmente comuns.
É difícil? É difícil.
É duro? É duro.
Cada dia, levantar e escovar os dentes já é um ato heróico, dizia Hélio Pellegrino.
Viver é um heroísmo, viver bem um amor mais ainda.
O casal perfeito talvez seja aquele que não desiste de correr atrás do sonho e da certeza de que, apesar dos pesares, a gente, a cada dia, se escolheria novamente!!!

Frase da Vovó

“DEUS é pai e não Avô!”

Meu Amigo Pumba

Ao ir ver os amigos do meu irmão, no seu casamento e como eles são para com eles, eu me perguntei, Será que terei meus amigos lá quando eu casar? será que tenho amigos “pau para toda obra”? E assim começei a pensar.

Cheguei a uma conclusão, minto, várias.

Sei que tenho sim amigos que apareserão no meu casamento, ou em momentos dificeis, muitos da escolinha, alguns do Amadeus, mas me perguntei e da UFS, terei algum??

Sempre soube que Universidade não é lugar de FAZER amigos e sim TER colegas, porém sempre achei que isso era errado. Pois é, entrei na universidade e o que percebo, realmente fazer amigos lá é uma coisa complicada. Mas, sempre tem  o mas, eu conseguir fazer sim amizades, tenho o pessoal do RPG e principalmente alguns do DOD.

Entre os amigos do DOD(Departamento de Odontologia) tem o maior dos meus amigos, o “pau para toda obra”, aquele que até pode falar “Nós se ferra, mas nós se diverte”, meu AMIGO PUMBA.

Mas por que pumba?

Oras, quem não lembra de Timão e Pumba do Rei Leão??? Eles eram e são, a maior representação de amizade!

Sei que tem más linguas que falam que são gays, discordo, pois em uma amizade gay, há uma coisa a mais (entendam como quiserem).

Meu amigo pumba é isso mesmo, um pumba. Não, ele não é porco, fedorento ou burro!!!! Ao contrario, é inteligente e acho que até limpinho, fedorento eu não sei, NÃO VOU CHEIRAR MACHO, mas nunca sentir nenhum fedor vindo dele. Tem até uma barriginha do pumba!kkkkkk

Pois é, agora ele estará em mais uma etapa da minha vida, a vida de Colegiado, será meu vice e com isto vamos mais uma vez enfrentar problemas, arrumar confusão, brigar um com o outro, mas no final cresceremos e o mais importante, ainda seremos amigos, O timão e o pumba do DOD. O gordo e o magro (não ele não é tão gordo, mas do meu lado quem não aparenta ser mais gordo,kkkkk).

Meu amigo que já viveu problemas até de carro, passamos uma noite juntos tendo que colocar água no carro, e chovendo, além de vários e vários trabalhos juntos. Ainda temos mais 2 anos juntos até nos formamos, mas pode ter certeza não serão os ultimos anos, serão mais dois anos crescendo, juntos.

Meu amigo pumba, saiba que graças a você posso falar que eu estava certo, na universidade FAZEMOS amigos sim!!

E eu posso falar de certeza, EU TENHO UM AMIGO PUMBA!